terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Santaroza



Pra’mar!

Flor
de meu desejo
Versos
de meu amor
Minha
estrela em lampejo
Meu
poema em ardor.
És
tu que veleja comigo
Nos
sonhos e pensamentos
És
tu meu sono e abrigo
Em
meus desejos ao vento.
Santa
e profana senhora
Oráculo
de meus penhores
Que
me importa se chove lá fora
Se
aqui tenho teus amores.
Magia
que doma meu peito
Feito
canção de ninar
Dama
Vênus de meu leito
Mulher
feita pra amar.

Santaroza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário